Não rolou de viajar esse feriado? Não tem problema! Uma das coisas mais bacanas (e econômicas) de se fazer é turistar pela própria cidade. Esse é, aliás, um excelente método para sair da bolha e começar a expandir seus horizontes, sem precisar ir muito longe. Tenho tentado fazer esse exercício com alguma frequência e hoje te dou um roteiro completo pra curtir o “meu país”, Copacabana. Ah, e vale também para quem não é do Rio e quer conhecer a “princesinha do mar”.

Comece com um bom café da manhã

cafe-pao-cia

Se você não é ninguém antes de comer, comece seu passeio com um café da manhã de verdade. O lugar mais tradicional do bairro é a Confeitaria Colombo, dentro do Forte de Copacabana. A vista é espetacular e o menu, nem se fala. Outra opção é a padaria Pão & Companhia, que tem um buffet completíssimo com pães, bolos, tapiocas, frios, frutas, etc, etc, etc video slots.

E vá gastar as calorias no calçadão!

copacabana 01

casino du gosier Eu sou apaixonada pela sensação de liberdade que correr na praia me proporciona. Quando eu vim morar no bairro há quatro anos, meu momento preferido da manhã era pegar a bicicleta e ir pedalando até o Leblon. Hoje, troquei a bike pela corrida, mas continua sendo a minha maneira preferida de começar o dia. Vale até dar um mergulho e tomar um banho rápido no posto.

Um pouco de arte sempre faz bem

kroatie wk 2018 Copacabana não é famosa pelos seus museus, mas as suas galerias são um sucesso. Uma das minhas preferidas é a Movimento, dentro do Shopping Cassino Atlântico. Foi lá que eu vi de perto as obras do Toz pela primeira vez. Hoje, eles têm peças do Tinho e do Mateu Velasco. Vale a pena conhecer!

Bora comer?

magistrale

O que não falta por aqui é restaurante bacana. Um dos meus preferidos para almoço é o Cumpadres, na Av. Nossa Senhora de Copacabana com a República do Peru. Por lá, geralmente eu peço a Tábua Mediterrânea, com legumes grelhados e tapenade. Para finalizar, um brigadeirinho de panela, que ninguém aqui é de ferro.
À noite, o leque de opções é ainda melhor. Quem ama sanduíches tem que conhecer o Seu Vidal, ou o tradicionalíssimo Cervantes. Se a ideia é comer pizza, Zero Zero e Magistrale (falei dela aqui) são excelentes. Para drinks, o El Born, na Bolívar é o meu preferido.

E para curtir a noite?

pestana

Eu não sou exatamente uma pessoa de balada, mas sei que Copacabana tem lugares ótimos pra quem curte virar a noite dançando. Além dos rooftops dos hotéis (o do Pestana é o meu preferido), e do pub Mud Bug, tem também a Fosfobox, para os mais alternativos.

E você? Tem algum cantinho preferido em Copa? Compartilha aqui nos comentários!

1 Comment on Copacabana: um roteiro rápido pela Princesinha do Mar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

32red

slot machine gratis

final ligi europy

gonzo's quest