De alguns anos pra cá, a nossa relação com a moda mudou. Se antes o bacana era ter um closet lotaaaaado como o das celebridades, hoje a gente chegar a achar até um pouco cafona tanta ostentação. E tanta coisa entulhada lembra energia presa, não é legal. Com isso, foi crescendo a procura pelo chamado “armário-cápsula”. Conhece?

O que é o armário-cápsula?

armario-capsula

Nos países do hemisfério norte, como eles tem estações bem definidas, o armário-cápsula costuma ser composto por 37 peças, que variam a cada mudança de estação. Se você mora no Rio, provavelmente vai achar este número inviável, e tudo bem! No seu canal do YouTube, Menos1Lixo, a ativista ambiental Fê Cortez propõe 72 peças. Muito mais confortável, certo? Então, vamos a ele?

O que mais te representa?

Recentemente eu passei por uma fase esquisita. Abria meu armário e quase nada ali me representava, nada parecia comigo. Eu me vestia todo dia, mas a sensação era a de colocar uma fantasia. Por isso eu sei da extrema importância que é encontrar peças que traduzem o que você é de verdade. Abra seu guarda-roupa e selecione suas 40 peças favoritas, aquelas que mostram ao mundo quem é você.

Vá para o Pinterest

Aqui tem um post inteiro sobre como o Pinterest pode te ajudar a construir seu estilo. Selecione imagens que traduzam o que você é hoje, quem você não é de jeito nenhum, e quem você gostaria de ser.  Lembra daquela história de se vestir para a vida que você quer ter e não para a que você tem? Então, é isso! O importante é entender que a vida, assim como o estilo, é mutável. Nada do que você escolher aqui está escrito em pedra, mas pode ser um guia importante.

Preste atenção na proporção

armario-capsula2

No mundo ideal, você deve ser capaz de montar cinco looks para cada parte de baixo que tem no seu guarda-roupa. Para isso, não basta ter cinco blusinhas para cada calça jeans. É preciso que as cores conversem entre si. Se você pode pagar por uma análise cromática, perfeito! Se não, observe. Quais cores te deixam mais bonita, mais iluminada? Qual é a peça que sempre que você usa te elogiam? Lembre-se que o preto é uma “não-cor”. É básico, mas não acrescenta informação. Vale explorar outros neutros como o cinza, o bege, o marinho, o verde-militar… Com isso em mente, comece a editar os looks com as peças que você selecionou. E se precisar, volte ao Pinterest para inspiração!

Use o seu armário como shopping

Ao investir tempo na edição dos looks, você vai sentir falta de algumas peças para equalizar as produções. Falta uma jaqueta jeans? Uma saia neutra? Uma camisetinha básica? Volte às peças que você retirou do armário – aquelas que não entraram na seleção de 40, e “faça compras”. E tudo bem se nem lá você encontrou o que queria. Você não está proibida de comprar nada, só precisa fazer isso com mais consciência. Faça uma listinha do que precisa e pesquise: preços, qualidade e reputação da marca.

Guarde peças extras

Pense na próxima estação e reserve de 12 a 16 peças para a temporada seguinte.  Uma jaqueta de couro é totalmente inútil no verão, mas no inverno você vai sentir falta dela. E se você nem se lembrar de uma delas durante este período, pode doar sem dó. Guardando direitinho e conservando suas peças, você continua mantendo uma quantidade razoável no armário-cápsula sem sentir falta de nada. É importante lembrar também que alguns itens não entram nesta conta. Bolsas, sapatos, acessórios, lingeries, biquínis, roupas de festas ou de ginástica estão liberados, mas vamos com calma. Nada de entulhar o closet, viu? 😉

E você, já aderiu ao armário-cápsula? Vamos tentar juntxs?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *