can i take valium for sleep zolpidem tartrate 10 mg peach ativan withdrawal stories lorazepam name brand orlistat hexal amazon

Etiqueta: Carnaval

#Ousadia: ideias de maquiagem pra pular o Carnaval!

Carnaval é aquela época mágica em que até quem só usa batom cor de boca, resolve ousar na maquiagem. E tem coisa mais maravilhosa do que sair da zona de conforto? Você joga um brilho na cara, brinca de ser algo diferente por um dia e quando vê tá fazendo amizade com estranhos no meio de um bloco. Me empolguei? Tá, voltando aqui. O make pra mim é 70% da fantasia. Sou capaz de sair com body e short jeans se estiver com MUITA purpurina (a versão ecologicamente correta, como a gente já falou aqui), mas sempre fico sem saber por onde começar.

Então, pra gente se inspirar e ousar na maquiagem, selecionei algumas ideias e tendências que no dia a dia a gente acaba deixando de lado, mas que durante a folia fazem todo sentido!

make

Uma delas é o batom metalizado, que surgiu nas passarelas na última temporada. E aí, vale qualquer cor. Com o sereísmo em alta até o verde tá valendo! A versão mais discreta (discreta?!) você pode fazer com gloss, glitter, e seu batom preferido.

5d6cff82c02b1d3572f7ebfd90a563ab

Não curto usar muita purpurina nas pálpebras por medo de entrar nos olhos – quem usa lente tem que ter atenção redobrada com a maquiagem! -, por isso acabo misturando iluminador com o glitter e aplicando no ossinho da maçã. Para dar um brilho a mais (tem pouco né, gente?), gosto de usar adesivos de strass. A boa notícia é que eles são baratinhos, custam menos de R$ 5 a cartela e podem ser encontrados em qualquer papelaria.

Também é hora de aproveitar os bloquinhos pra usar aquela maquiagem amarela, a laranja, o rosa, aquele azul turquesa, verde-limão. Vale usar sombra, delineador, máscaras coloridas. Vale testar novas texturas, acabamentos, novos produtos. Pode brincar sem medo, a hora é essa! 😉

Ah, depois conta aqui nos comentários o que achou das inspirações!

 

Carnaval sustentável: 4 dicas simples!

carnaval

Sempre que um bloco acaba o cenário é o mesmo: poças com líquidos não identificáveis e lixo. MUITO lixo. Quem é do Rio vai até se lembrar de um Carnaval em que a Comlurb (empresa responsável pela limpeza urbana) estava em greve. Ou seja, caos total. Junte isso à enorme quantidade de gente na cidade e pronto, já dá pra imaginar que a folia é gostosa, mas muito pouco sustentável, né?

Pensando nisso, resolvi dar uma pesquisada e descobri algumas dicas simples pra gente diminuir o impacto da bagunça no meio ambiente. Bora lá, então?

#1 – Latinha ou garrafa?

Latinha, sempre! Hoje, no Brasil, reciclamos 98% de todas as latas produzidas, contra 40% das garrafas de vidro. Sozinhas, as long necks parecem uma boa opção, né? Acontece que o vidro é pesado, oferece risco para os catadores, são poucas as fábricas que reciclam e o transporte é caro. No Carnaval, a situação é ainda mais complicada. Já imaginou um corte no pé no meio do bloco?

#2 – Brilho pra gente, veneno para os peixes!

A gente AMA purpurina (não só no Carnaval, mas o ano inteiro, é verdade). Mas você já pensou no impacto que quilos do pozinho têm no meio ambiente? O glitter tradicional, deste comprado na papelaria é na verdade, um micro plástico. Depois do banho, todo esse brilho vai pro esgoto que por não ser tratado como deveria, chega ao mar. Peixes e tartarugas confundem a purpurina com comida e acabam morrendo intoxicados. Mas calma que temos algumas soluções. Uma delas é usar a mica, um mineral colorido que não prejudica o organismo nem a natureza, ou optar por um glitter biodegradável. Uma das minhas marcas preferidas é a Pura, que você pode conhecer aqui.

#3 – Descasque mais, desembale menos!

Entre um bloco e outro, a gente precisa comer, certo? Então, que tal diminuirmos o lixo que produzimos e, na mesma levada, a quantidade de calorias que colocamos pra dentro? Como diz a Bela Gil, você pode substituir o salgadinho de pacote por nuts ou frutas, por exemplo. Seu corpo agradece, o meio ambiente também!

#4 – Lugar de lixo é no lixo mesmo.

Sério que a gente ainda precisa falar sobre isso? De qualquer forma, não custa lembrar. A prefeitura costuma deixar latões espalhados pelos blocos, mas se você não encontrar uma ao seu alcance, vale segurar um pouquinho até conseguir fazer o descarte correto. Não custa nada e você garante uma cidade mais limpa, que tal?

Ah, quer dicas de fantasia? Tem inspirações aqui!

Moda: inspirações de fantasia para você curtir os bloquinhos

Minha relação com o Carnaval varia de ano pra ano. Em alguns, eu to MUITO animada. Em outros, eu fico em casa plena lendo e vendo filmes. Mas em 2018 eu to no ano SIM. Vamos pro bloquinho, sim! Vamos emendar um bloco no outro, sim! E claro, vai ter fantasia SIM, por favor!

Mas aí começam as perguntas: gastar muito em uma fantasia maravilhosa? Gastar pouco e fazer a sua própria fantasia em casa? Escolher um body bacana e ousar nos acessórios? Ou pedir para aquela costureira amiga fazer algo exclusivo? Bom, a verdade é que só você pode dizer!

Carnaval01

Eu tenho a sorte de ter amigas talentosas, que sempre me dão uma mãozinha na hora de cortar, costurar, colar. Já saímos de Mario Kart uma vez, e eu AMEI minha fantasia de “Final Lap”! Acaba sendo uma solução divertida – porque a gente se reúne uns dias antes pra deixar tudo pronto -, exclusiva, já que é difícil ter alguém igual a você nos bloquinhos, e principalmente, BARATA! Tempos de crise, né gente?

Pensando em tudo isso, reuni algumas inspirações que fui encontrando por aí. A maioria veio do Pinterest, mas fica a dica de dar uma olhada no RioEtc, site ideal para quem quer ter fantasias criativas nesse Carnaval! Vamos a elas?

Carnaval03

Ah, algumas dicas que podem ajudar!

  • Maquiagem à prova d’água ajuda a manter a dignidade até o final do bloquinho.
  • Resista à tentação de ir de havaianas ou de rasteirinha. As poças têm origem duvidosa e você ainda pode cortar o seu pé em algum caco de vidro. Falo isso por experiência própria, e não foi nada divertido ter que parar a folia pra remendar o pé.
  • Ah, e beba MUITA água, o tempo todo. Além de aliviar o calor bizarro deste verão, ainda evita aquela ressaquinha desnecessária.

Fora isso, purpurine-se, e bom Carnaval!