armario-capsula5

Uma das coisas que tem me feito pensar bastante na hora de escrever sobre moda aqui no blog é a crise econômica que estamos vivendo. A menos que você seja multimilionária, a economia do país te afetou de alguma forma e, arrisco dizer, afetou bastante seu guarda-roupa. Mas se engana quem pensa que todas as soluções estão centradas nas fast-fashion que vendem as peças do momento a preços baixos – absolutamente nada contra elas, pelo contrário, mas isso é assunto para outro post. A chave está no tal do consumo consciente, ou no chamado armário-cápsula.
armario-capsula3

É praticamente impossível deixar de consumir. Ainda mais para quem o consumo funciona como válvula de escape. Mas eu andei lendo muito por aí e resolvi tentar me adaptar a esta ideia do guarda-roupa reduzido. Sabe o que significa? A ideia de um garmário com um número de peças reduzidas começou há muito tempo, na década de 1970, com a estilista Susie Faux. Na época, a ideia era construir um estilo com peças clássicas, outras atuais, e produzir os looks diferentes, mas cheios de identidade. Recentemente, a blogueira americana Caroline, do Un-fancy.com, resgatou a ideia e tentou montar o seu com apenas 37 peças a cada três meses. Será que é possível?

Selecionei algumas dicas pra gente testar juntas, tentar reduzir nosso consumo desenfreado e ainda guardar uma graninha!

armario-capsula

Entenda seu estilo

Antes de se desfazer de três quartos do seu armário, se observe. Entenda o seu estilo de vida, os programas que faz com mais frequência (trabalho, barzinho, balada?), as cores e as formas que mais te favorecem. Como a vida vai mudando e nosso gosto muda de tempos em tempos, vale até anotar num papel e deixar próximo ao armário. Dentro de três meses você vai rever tudo aquilo.

Encontre um equilíbrio entre o clássico e as tendências

Aquela camisa branca de botão, a T-shirt básica ou a calça jeans de corte reto quebram um galho no armário. Mas vale guardar um espacinho para as tendências – aquele body que você se apaixonou, aquele macaquinho bordado, etc.

Preste atenção na qualidade das peças

Se você vai reduzir a quantidade de peças que vai usar a cada estação, é importante que elas sejam de boa qualidade, certo? Então, antes de gastar seus reais numa peça clássica – que vai durar mais do que apenas três meses – observe o acabamento, a costura, e o tecido. Se possível, dispense os sintéticos, e invista mais um pouquinho nos naturais.

Se organize

A ideia do armário-cápsula é, inclusive, facilitar a sua vida na hora de se vestir. Deixe o guarda-roupa o mais organizado possível, facilitando a visualização das peças. Outra ideia bacana é fotografar cada peça – já que serão reduzidas – e montar um catálogo. Fica bem mais fácil de montar os looks, principalmente na hora da pressa. Ah, e entenda exatamente a quantidade de peças que você precisa. Partes de cima, de baixo, e claro, as “terceiras peças”, que fazem toda a diferença no look.

armario-capsula4

Saiba o que conta e o que não conta

Nesta conta de 37 peças – ou um pouco mais, vai… – não entram peças íntimas, roupas de ginástica ou vestidos de festa. Afinal de contas, a ideia é tornar a vida mais fácil, e não complicar, certo? Ah, acessórios também estão liberados, já que são eles que variam o look. Mas calma, nada de colecionar bolsas e sapatos e lotar o armário, tá?

Reveja a cada estação

Lógico, a ideia não é se desfazer do armário a cada três meses. Mas simplesmente deixar guardadas as peças que você ama e não serão usadas por um tempo. Roupas de inverno, no geral, podem ficar guardadas numa caixa enquanto a vez delas não chega. E se você nem se lembrar de uma delas durante este período, pode doar sem só.

E aí, acha que consegue? Vamos tentar juntas?